sábado, 21 de maio de 2016

Existe Garota Perfeita?


E aí existem garotas perfeitas?
Mas de fato o que é perfeição? segundo o "titio Google": "O mais alto nível numa escala de valores"


Chegamos em uma palavra interessante VALORES, será que nessa tabela aí de valores importa mais o nível da sua beleza física (segundo a sociedade: "o ideal") ouuuu os seus valores internos; ou seja suas qualidades? o que importa de fato para você???Não estou afirmando que se você é considerada bonita (perante a sociedade), não tem nenhuma qualidade *ps: não interprete errado. Mas eu quero levantar essa questão dentro de você, não estou afirmando nada; apenas fazendo com que você reflita!
Por exemplo (estava falando disso ontem com a minha mãe) a cirurgia plástica por conta estética, se você acha que tem algo no seu corpo que possa melhorar, claro que deve recorrer a isso (se você achar que é necessário), porque eu sei que tem coisas que realmente incomodam algumas pessoas, tipo: nariz,lábios, entre outras coisas ...
No meu ponto de vista todos esses
 VALORES podem sim andar de mãos dadas, e não causar um monstrooo dentro de você, como ouço algumas pessoas dizendo: "Ahhhh porque fulana é bonita!", "Não, porque ela tem tais qualidades que eu não tenho" e blá blá blá ...
E sabe essa frase aí junto com a foto? "A BELEZA ESTÁ NOS OLHOS DE QUEM VÊ"
  minha mãe diz isso direto, é a pura verdade, beleza é uma questão muuuiiito relativa; o que é "bonito" para mim, pode não ser para você e vice e versa!
Então amor, pense nessas questões!
Texto: (Babi D' Paula)

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Enigmas da Adolescência


Ahhh adolescência ...
Quem não se sente perdido nessa fase? onde você não é nem criança e muito menos um adulto, onde começam os verdadeiros desafios da vida, que ultrapassam a simples preocupação de tirar um dez na prova de matemática; onde as grandes decisões estão batendo a sua porta. Você vai abrir para essa nova etapa  que está surgindo ou se esquivar?
As descobertas amorosas também são um dilema nessa etapa da vida, amores arrebatadores que você considera ser eterno e insubstituível, e quando não é correspondido(a) acha que seu mundo acabou, nada mais importa em sua vida; um verdadeiro "drama mexicano" (uma referência as marcantes novelas do Sbt *que eu gosto por sinal kkk). Mas pare para pensar, você tem certeza que esse amor aí, é eterno realmente ouuuu é apenas uma explosão de sentimentos passageiros?
Mas uma coisa que me chama muita atenção é a forma como os adolescentes realmente se entregam a essas sensações, se permitem de fato sem nem ligar para as consequências (não estou especificando se são *boas ou *ruins), e  uma parcela dessa faixa etária futuramente não vai precisar se perguntar: "E si eu tivesse feito aquilo?..." porque eles tentaram de fato!!!
Não estou dizendo para ninguém bancar a louca e fazer coisas fora da lei, mas em questão de deixar de lado uma interrogação que ecoa no pensamente de todo o adolescente: "O que as pessoas vão pensar de mim?". Ninguém (a não ser sua família) tem direito de dar opiniões (o que) como  você deve ou não fazer, deve ou não vestir, deve ou não se comportar, etc ...
Você já parou de verdade para analisar esses enigmas que fazem parte do seu dia a dia? reflita!

Texto: (Babi D' Paula)